Home / Crônicas / Refundar é preciso

Refundar é preciso

Ele é o inimigo número um dos petistas. É odiado por setores mais à esquerda da esquerda e mal interpretado pelos novos liberais de verde amarelo.

 

Com o apelo de refundação da República como forma de acabar com o atual sistema político, e salvar a política dos atuais políticos, Marco Antonio Villa faz da bancada do Jornal da TV Cultura e do microfone do Rádio na Jovem Pan, a sua Ágora.

Não salva um, a estrutura é podre e viciada. Os políticos que lá estão e os que querem entrar, não vão e não querem mudar. Esse é o recado dado diariamente a telespectadores e ouvintes.

O debate da Reforma Política é piada. Mudar o sistema eleitoral não é bandeira e nem flâmula dos maiores partidos políticos. Muito menos os dos nanicos. As novas denominações partidárias já nascem com velhos costumes e figurões da política.

Então! Esperar algo no horizonte verde amarelo é acreditar que Papai Noel vai surgir com suas renas no trópico de Brasilia e promover a revolução natalina. Esqueça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *